explorar
ordensfamíliasgéneros

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXZ

    Teucrium vicentinum Rouy
    Lamiales > Lamiaceae > Teucrium > T. vicentinum (comparar)
    pólio-vicentino
    endémica
    Az
    Ma

    Distribuição mapa em constante actualização

    184 registos centrar | como citar

    espontâneo
    anterior a 1990 ou s.d.
    nova quadrícula
    escapado de cultivo
    extinto

    Detalhes

    Ecologia
    Matos baixos em dunas fixas, arribas e rochedos litorais, sobre substratos arenosos ou calcários.
    Observações
    Endemismo restrito à costa sudoeste de Portugal.
    Tipo biológico
    Caméfito
    Categoria de risco de extinção em Portugal Continental segundo critérios IUCN
    Pouco Preocupante
    Endémica de
    Portugal Continental
    Avaliação na Lista Vermelha da Flora Vascular de Portugal Continental
    Teucrium vincentinum é um pequeno arbusto endémico do litoral sudoeste de Portugal continental. Apesar de apresentar extensão de ocorrência e área de ocupação reduzidas, ocorre com grande abundância em vários pontos da sua área de distribuição. A população estima-se em várias dezenas de milhar de indivíduos maduros e suspeita-se que esteja estável ou que a sua redução não seja significativa. A planta é avaliada como Pouco Preocupante uma vez que é ainda muito abundante, principalmente no extremo ocidental do Algarve, onde apresenta uma distribuição quase contínua nas arribas litorais e onde existem vários locais sem ameaças assinaláveis. Ainda assim, estão identificadas várias causas de pressão como a degradação do habitat por pisoteio e estacionamento de viaturas, a expansão agrícola, a expansão de exóticas e o desenvolvimento urbano-turístico, contudo não existem indícios que sugiram que a população possa entrar em declínio significativo no futuro próximo. Para assegurar o bom estado de conservação da população sugerem-se medidas de controlo de exóticas na sua área de distribuição e o aumento da fiscalização sobre o pisoteio excessivo nas áreas mais visitadas por turistas. A população deverá ser alvo de monitorização, que permita acompanhar a tendência populacional e detetar efeitos de pressões não previstas ou subestimadas.

    Dados

    Floração (n=7)
    Altitude (n=170)
    Distância ao mar (n=170)
    Download de mapas

     


    a carregar...