explorar
ordensfamíliasgéneros

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXZ

    Spergularia tangerina P.Monnier
    Caryophyllales > Caryophyllaceae > Spergularia > S. tangerina (comparar)
    sapinho-do-sotavento
    autóctone
    Az
    Ma

    Distribuição mapa em constante actualização

    5 registos centrar | como citar

    espontâneo
    anterior a 1990 ou s.d.
    nova quadrícula
    escapado de cultivo
    extinto

    Detalhes

    Ecologia
    Orlas de matos halófilos, caminhos e outros locais perturbados. Sobre substratos salinos.
    Tipo biológico
    Terófito, Hemicriptófito
    Categoria de risco de extinção em Portugal Continental segundo critérios IUCN
    Em Perigo
    Avaliação na Lista Vermelha da Flora Vascular de Portugal Continental
    Spergularia tangerina é uma planta que ocorre em clareiras de sapal alto e áreas abertas, sobre substratos salinos. Em Portugal continental ocorre apenas, de modo pontual, no litoral sul do Algarve. É avaliada como Em Perigo, pois apresenta extensão de ocorrência e área de ocupação reduzidas (cerca de 140 km2 e de 12 km2, respetivamente), identificam-se apenas três localizações e infere-se o declínio continuado no tamanho da população e na qualidade do habitat. A informação existente é pouco robusta, o que gera alguma incerteza na avaliação. Suspeita-se que a espécie possa ocorrer noutros locais da ria Formosa, dada a disponibilidade de habitat, contudo é muito provável que os valores da extensão de ocorrência e área de ocupação não ultrapassem os valores definidos para esta categoria. As ameaças e pressões identificadas incluem a oclusão das áreas abertas em resultado da instalação de comunidades halófilas perenes (juncais, matos halófilos) ou comunidades herbáceas ruderais, os usos recreativos dos locais de ocorrência de núcleos e a intensificação da perturbação gerada pelo gado bovino. Pela sua reduzida dimensão estes núcleos estão ainda sujeitos a quaisquer ameaças imprevisíveis. É necessário assegurar a manutenção de usos do solo nas parcelas onde ocorre, assinalando-se a sua presença e inserindo medidas que condicionem a alteração de usos nos instrumentos de gestão territorial. Sugere-se a conservação de sementes em bancos de germoplasma. É necessária prospeção adicional, de modo a melhorar o conhecimento sobre a sua distribuição, e monitorização.

    Dados

    Floração (n=4)
    Altitude (n=4)
    Distância ao mar (n=4)
    Download de mapas

     


    a carregar...