explorar
ordensfamíliasgéneros

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXZ

    Clematis cirrhosa L.
    Ranunculales > Ranunculaceae > Clematis > C. cirrhosa (comparar)
    clematite-de-gavinhas, clematite-de-inverno, clematite-branca, cipó-do-reino
    autóctone
    Az
    Ma

    Distribuição mapa em constante actualização

    37 registos centrar | como citar

    espontâneo
    anterior a 1990 ou s.d.
    nova quadrícula
    escapado de cultivo
    extinto

    Detalhes

    Ecologia
    Orlas de bosques, sebes e matagais, frequentemente perto do litoral.
    Tipo biológico
    Fanerófito
    Categoria de risco de extinção em Portugal Continental segundo critérios IUCN
    Quase Ameaçada
    Avaliação na Lista Vermelha da Flora Vascular de Portugal Continental
    Clematis cirrhosa é um táxon de distribuição mediterrânica, que em Portugal continental ocorre apenas no Algarve e no Baixo Alentejo, onde habita sebes e orlas de bosques e matagais mediterrânicos. Assinalam-se diversas ameaças sobre a população nacional, que incluem: intensificação do desenvolvimento urbano/turístico e agrícola, implementação de parques solares, construção de barragens e açudes, atividades extrativas, desmatações decorrentes da gestão florestal e prevenção de incêndios, substituição de bosques autóctones por florestas de produção e a degradação dos habitats por espécies alóctones. É expectável que estas ameaças se mantenham no futuro, embora presentemente não seja possível quantificar o efeito na população nacional. Avalia-se a planta na categoria Quase Ameaçada em virtude da aproximação dos critérios B1ab(iiii)+2ab(iii) para a categoria Vulnerável, pois apresenta extensão de ocorrência e área de ocupação com 3400 km2 e 52 km2, respetivamente, e identificam-se apenas 10 localizações, mas embora se sinalizem diversas ameaças, não existem dados que permitam concluir acerca de um declínio continuado da qualidade do habitat. Não se verifica fragmentação severa ou flutuações extremas. Sugerem-se estudos que permitam apurar o efeito das várias pressões identificadas e, de outras que se venham a verificar, na distribuição e dinâmica populacional de forma a apurar se existe declínio populacional e qual o seu significado.

    Dados

    Floração (n=11)
    Altitude (n=33)
    Distância ao mar (n=33)
    Download de mapas

     


    a carregar...