explorar
ordensfamíliasgéneros

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXZ

    Celtis australis L.
    Rosales > Ulmaceae > Celtis > C. australis (comparar)
    lódão, lodoeiro, lodão-bastardo, agreira
    autóctone
    Lu
    Az
    Ma

    Distribuição mapa em constante actualização

    219 registos centrar | como citar

    presente, espontâneo
    escapado de cultivo ou extinto

    Detalhes

    Ecologia
    Bosques em barrancos, vales encaixados, vertentes fragosas ou leitos de cheia. Muito empregue em jardins e arruamentos. Indiferente ao pH, com preferência por solos pedregosos, profundos, frescos e soltos.
    Observações
    Frutos maduros comestíveis, com sabor semelhante ao tamarindo.
    Tipo biológico
    Fanerófito
    Ligações externas
    Comentários

    Brotero (1804:471) Flora Lusitanica I - refere-o em sebes em torno de Coimbra, em vinhas próximo de Peso da Régua, também em Vila Viçosa, Condeixa e outras localidades (trad. livre do Latim)
    Estêvão Portela-Pereira em 20/12/2021

    Nativo (e.g. vales quentes do Douro e Tejo), mas também escapado de cultivo, com origem em material diverso e desconhecido. Em alguns territórios do litoral é certamente exótica noutros será considerado um Apófito.
    Estêvão Portela-Pereira em 19/01/2018

    Por fonte segura (o meu pai, transmontano de gema, e outros transmontanos) o nome comum desta árvore em TM é "lodão" e não "lódão". É muito provável que este último seja uma derivação recente ou uma má interpretação do primeiro.
    Estêvão Portela-Pereira em 13/09/2016

    Dados

    Floração (n=2)
    Altitude (n=181)
    Distância ao mar (n=181)
    Download de mapas


    a carregar...